Sobre Mim

 


Pra Você Me Conhecer Melhor…


 

Desde sempre tive paixão pelo universo do comportamento humano, sua diversidade, complexidade e mistérios. E com o nascimento do meu filho a coisa tomou uma dimensão maior ainda. Acho que pelo fato de vivenciar tão de perto uma nova vida.

Quero me apresentar pra você me conhecer um pouco melhor e entender como cheguei aqui e de onde vem minha paixão pela maternidade consciente e o que isso tem a ver com a Casa.com.bebê.

 

Roberta Arend 1

 

Meu nome é Roberta Arend, sou mãe do Joaquim, arquiteta, doula pós-parto e educadora transpessoal. Mulher, amiga, filha, companheira, apaixonada pela natureza, curiosa pelos mistérios da vida e pela diversidade humana, adoradora do mar e uma pessoa em constante transformação.

Trabalhei durante dez anos com arquitetura ecológica, permacultura e sustentabilidade em projetos sociais e ambientais. Gosto de viver com propósito, trabalhar com o que me alimenta a alma e de estar aberta ao novo para me reinventar a cada dia se for preciso.

Minha história com a maternidade iniciou antes mesmo do meu filho Joaquim nascer. Foi na minha primeira gestação (que acabou não indo adiante) que o instinto materno surgiu forte e a partir dali o universo da maternidade me pegou de jeito.

Sou daquelas pessoas que acredita que um novo mundo é possível e que todos nós somos responsáveis e co-criadores da nossa vida e do nosso futuro. E penso que a arte de maternar está totalmente conectada a isso.

A maternidade me tira totalmente da minha zona de conforto, me faz querer mais, rever pensamentos, crenças e ações. Remexe com aquilo que tenho de mais profundo, lindo e sombrio ao mesmo tempo, e isso faz com que eu queira ser uma pessoa melhor a cada dia.

Assim que o bichinho da maternidade me mordeu comecei a estudar sobre a humanização do parto e sobre novas formas de criação e também comecei a re-pensar sobre o espaço físico pra receber esse novo ser tão único e especial. E percebi que muitas das coisas ditas “normais“ e que eu conhecia até então não se encaixavam com a minha nova maneira de ser/ver/perceber o mundo.

E nessa busca por um ambiente físico mais humano e uma educação mais amorosa encontrei muita coisa legal como o método Montessori e sua proposta de quarto de bebê, os ambientes preparados, o attachment parenting (criação com apego), as escolas livres e atualmente estou aprofundando meus estudos como educadora transpessoal.

Conforme fui estudando, vivenciando e acompanhando o desenvolvimento de um novo ser o interesse por um maternar/criar/educar mais consciente e amoroso foi crescendo tanto que se transformou em minha atual missão de vida.

Quero me unir a mães e pais que também estão nesse processo de amadurecimento e crescimento pessoal e em busca de uma criação para seus filhos com mais empatia, conexão e consciência e que desejam espalhar essa mensagem tão linda e importante pro mundo.

Pois acredito que juntos podemos nos fortalecer e nos ajudar nesse caminho de descobertas e desafios, e assim acolher e apoiar outros pais e mães e formar uma grande teia. A teia da vida.

Sou da opinião de que não existe uma cartilha de regras prontas quando se trata da criação de um filho e sim uma busca constante por uma educação com mais empatia. Para todos nós!

E quanto mais expandirmos nossa consciência mais teremos clareza das nossas próprias ações e pensamentos e de como estamos agindo na relação diária conosco e com nossos filhos.

O novo mundo de amanhã será um reflexo da criação e do exemplo que dermos aos nossos filhos hoje. E nós somos o seu maior e melhor exemplo!

Então bora arregaçar as mangas (e a consciência) já!

Você vem comigo nessa caminhada? Pois acredito que JUNT@S SOMOS MAIS FORTES!

Com amor,

Roberta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *